Belivaldo discute contratações da Termelétrica com representantes da Celse e do SOS Emprego

por Maria Aida, 08/03/2018 às 08:27 em Cidade

O vice-governador Belivaldo Chagas esteve reunido, nesta quarta-feira (07), com trabalhadores do Movimento SOS Emprego e representantes da Central Elétrica de Sergipe (Celse). O encontro teve como objetivo garantir a contratação de mão de obra local para trabalhar na construção da Usina Termelétrica Porto de Sergipe, localizada na Barra dos Coqueiros.  Na oportunidade, a Empresa apresentou o cronograma de contratações e informou que já foram contratadas 1.900 pessoas. Dessas, 1.119 são de Sergipe, o que equivale a 60% de toda mão de obra. A expectativa é que novas vagas sejam disponibilizadas em breve.

“Foi um momento para conversar e ampliar o debate. O movimento fez as reivindicações, os diretores da Celse explanaram os números de contratação e conseguimos avanço nas discussões. É bom que tenhamos paciência com o andamento das contratações, novos postos serão abertos agora em março e a empresa se comprometeu ampliar a oferta para Sergipe. As solicitações do movimento são justas e a empresa está aberta ao diálogo para resolver da melhor forma possível”, declarou o vice-governador Belivaldo Chagas.

De acordo o presidente da Celse, Pedro Litzek, foi exposto aos representantes do movimento o plano de contratações da Termelétrica. “Nós mostramos o progresso dos trabalhos da Enesa, que é o grande contratante de obras. A Celse irá passar as vagas que serão abertas ao SOS, que por sua vez, irá encaminhar os currículos, daqueles que o Movimento entender que são adequados para ao preenchimento das vagas que estarão disponíveis”, explicou.

O presidente da Celse informou, também, que as obras da Termelétrica estão transcorrendo dentro do prazo estabelecido. “A termelétrica hoje está finalizando a parte civil e iniciando a parte de eletromecânica. No pico da obra, talvez tenhamos 2.500 funcionários contratados”, disse.

Um dos representantes do Movimento SOS, Augusto César dos Santos, alega que o número de contratação dos cadastrados pelo movimento ainda é insuficiente. Segundo ele, o movimento reivindica prioridade da mão de obra sergipana na construção da Usina Termelétrica, maior diálogo e transparência nas ações.

Termelétrica

A UTE Porto de Sergipe integra o Complexo de Geração de Energia Governador Marcelo Déda e será a maior do gênero na América Latina. Irá receber um total de investimento de cerca de R$ 5 bilhões, o maior investimento feito pela iniciativa privada no Estado. A UTE, em funcionamento, gerará 1.700 empregos diretos.

A Usina está prevista para entrar em plena operação em janeiro de 2020 e terá a capacidade de gerar 1,5 mil megawatts (MGW) de energia elétrica. Para dimensionar o empreendimento, deve-se assinalar que a UTE Porto de Sergipe poderá sozinha atender a 15% da demanda de toda a região Nordeste. Quando consolidado, é um projeto que equivale a Usina de Xingó.

Adicionalmente a UTE Porto de Sergipe, um terminal de Regaseificação será criado e operado pela Golar na costa de Sergipe, próximo às instalações do TMIB – Terminal Marítimo Inácio Barbosa. A realização desse investimento abrirá grandes oportunidades de investimentos na cadeia produtiva de petróleo, gás e energia em Sergipe, inclusive em razão da oferta de gás natural que poderá ser fornecido a partir do Terminal de Regaseificação.

O investimento recorde abrirá caminhos para outros investimentos. O governo de Sergipe e Celse planejam ampliar a geração de energia termelétrica com os projetos Laranjeiras II e Marcelo Déda, também integrantes do Complexo de Geração de Energia, o que totalizará a geração de 3 GW. Ademais, funcionará também como um atrativo para investimento em outros setores de geração de energia renovável. A americana GE Power Services assinou contrato com as Centrais Elétricas do Sergipe no valor de US$ 1,116 bilhão. O contrato prevê operação e manutenção, além de soluções digitais para a UTE Porto do Sergipe. A duração do novo acordo da GE com a Celse é de 25 anos.

Participaram da reunião o coordenador de Responsabilidade Social da Celse, Daniel Mascarenhas; o diretor de Implantação de Projeto, César Ferreira; os deputados estaduais Moritos Mattos, Georgeo Passos e Antônio dos Santos, além da vereadora da Barra dos Coqueiros, Salete Fernandes.

Fonte: Agência de Notícias



Endereço:

Rua Cel. Stanley Silveira, 311 - São José - Aracaju/Se.

Nossas Redes Sociais:

 Facebok Instagram Instagram 

 

 

Contato Comercial - Aida Brandão

(79) 98809.4452/99993.2437/3211.9854

jornalpovao.expresso@ig.com.br

jornal-povao25anos@hotmail.com