Procedimentos cardíacos continuam suspensos no Hospital de Cirurgia

por Maria Aida, 08/08/2018 às 09:04 em Saúde

O retorno dos procedimentos cardíacos no Hospital de Cirurgia (HC), em Aracaju,  previsto para esta semana, foi mais uma vez adiado. O serviço está suspenso desde o dia 19 de junho, quando a UTI cardíaca foi fechada para reforma.

Para quem está na fila, a espera vai além dos 50 dias. Nesta terça-feira (07), os dirigentes do HC, se reuniram com o secretário de estado da Saúde, Valberto de Oliveira, no Palácio do Governo.

Depois da reunião, o secretário conversou com a imprensa e disse que a previsão é de que os serviços sejam retomados nos próximos quinze dias.

O secretário pediu desculpas à população e disse que o governo vai fazer um trabalho de reestruturação do hospital para que os serviços voltem a ser disponibilizados.

“Na reunião foi discutido um plano de reestruturação do hospital, que deverá entrar em operação nos próximos 15 dias com intuito de otimizar os serviços que estão muito deficientes. A intenção do governo é coloca-los a disposição da população o mais rápido possível”, disse.

Valberto disse ainda que, quando iniciou a rodada de reuniões com os dirigentes do hospital, logo na primeira conversa pensou que tudo estivesse claro e resolvido, mas que nas reuniões seguintes novos problemas foram surgindo, e a situação se complicou com a retomada da negociação do passivo.

“A cada reunião a gente se depara com um levantamento de problemas relacionado à colocação dos serviços para funcionar. E exatamente por causa da retomada da negociação do passivo, que leva as equipes a recuarem, a não quererem retomar o serviço, porque existem passivos,  salários atrasados, fornecedores sem receber, por isso, a iniciativa do governo de fazer a reestruturação para resolver o mais rápido possível”, afirmou.

Sobre os repasses do governo para o HC, o secretário disse que estão em dia e que a direção do hospital não pode reclamar disso. “O grande problema é que, para pagar o que está sendo gasto hoje, você se depara com o que tem que pagar de dividas de tempos atrás que é muito maior do que os seu consumo diário”, disse.

De acordo com o secretário, nessa quarta (09) será realizada uma outra reunião, de forma mais “ampla”, na qual será discutida, inclusive, a possibilidade de uma parceria de gestão. “Nesse momento o que se precisa é fazer o aporte financeiro para que o custeio do hospital seja atendido”, disse.

Os diretores do HC não quiseram falar com a imprensa durante a reunião. F5 News entrou em contato com a assessoria de imprensa, que ficou de enviar uma nota.

MPE

A suspensão das cirurgias cardíacas vem sendo acompanhada pelo Ministério Público Estadual (MPE). Segundo o promotor Francisco Ferreira de Lima Júnior, cerca de 300 pacientes aguardam para fazer procedimentos cardíacos no hospital.

Por Aline Aragão/F5 News



Endereço:

Rua Cel. Stanley Silveira, 311 - São José - Aracaju/Se.

Nossas Redes Sociais:

 Facebok Instagram Instagram 

 

 

Contato Comercial - Aida Brandão

(79) 98809.4452/99993.2437/3211.9854

jornalpovao.expresso@ig.com.br

jornal-povao25anos@hotmail.com